Consultório Hospital Albert Einstein Perdizes - Higienópolis

Rua Apiacás, 85 - Perdizes - São Paulo - SP  

CEP: 05017-020

Consultório Instituto de Ortopedia e Traumatologia HC-FMUSP

Rua Ovídio Pires de Campos, 333 Pinheiros

São Paulo - SP

Tel: 2151-8709

Tel: 3145-4050

Bursite

A bursa é uma estrutura presente em diversos locais do nosso corpo.

O termo bursite refere-se a um processo inflamatório da bursa.

Sua função é a de permitir que duas estruturas (músculo, osso, tendão, ligamento) deslizem uma sobre a outra sem que haja atrito e, assim, sem que haja dor. No então, quando a Bursa apresenta um processo inflamatório teremos um quadro de dor, mais tipicamente aos movimentos do local acometido.

O ombro é frequentemente acometido pela bursite. Levando a um quadro doloroso prolongado. O paciente com bursite no ombro evita o movimento do mesmo segurando o braço próximo ao corpo, pois isso diminui a dor.

O tratamento da bursite do ombro consiste de: imobilização breve, compressas de gelo, uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios conforme grau de dor do paciente. Em alguns casos é necessário realizar uma infiltração de medicamento corticosteróides no ombro para resolver o processo inflamatório intenso

Tendinite ou Tendinopatia

O termo tendinite refere-se a um processo inflamatório de qualquer tendão do nosso corpo. No ombro possuímos diversos tendões que podem sofrer processo inflamatório e gerar dor e diminuição de força: supraespinal, infraespinal, subescapular, redondo menor, tendão da cabeça longa do bíceps, deltóide, peitoral.

Nos laudos ou nas consultas com especialista lemos e ouvimos o termo: tendinopatia, que se refere a um processo inflamatório do tendão, em geral já apresentando alterações degenerativas tendíeis nos exames de imagem. 

Tanto a tendinite (tendinopatia) quando a bursite são causa frequentes de dor no ombro e de procura a um especialista. Possuem características muito semelhantes sendo difícil sua diferenciação apenas com história e exame clínico do paciente, sendo necessário algum exame de imagem para diferenciarmos as duas patologias.

De qualquer forma seus tratamentos são muito semelhantes:

  • uso de medicamentos analgésicos, anti-inflamatórios conforme opção médica e grau de dor e limitação funcional do paciente.

  • repouso, uso de imobilizador de ombro por curto período de tempo

  • bolsa de gelo

  • fisioterapia motora