Consultório Hospital Albert Einstein Perdizes - Higienópolis

Rua Apiacás, 85 - Perdizes - São Paulo - SP  

CEP: 05017-020

Consultório Instituto de Ortopedia e Traumatologia HC-FMUSP

Rua Ovídio Pires de Campos, 333 Pinheiros

São Paulo - SP

Tel: 2151-8709

Tel: 3145-4050

Tendinite Calcária
 

O que é a Tendinite Calcária?

Tendinite calcária é uma doença caracterizada por um processo inflamatório de algum tendão do nosso corpo causado pelo acúmulo de depósitos de cálcio (hidroxiapatita) nas fibras deste tendão. Pode ocorrer em qualquer tendão do nosso corpo, sendo o tendão supraespinal (do manguito rotador do ombro) o mais comumente acometido.
As calcificações  são mais frequentes em mulheres entre 30 e 60 anos de vida, mas também podem acometer os homens e outras faixas de idade. Os depósitos de cálcio, dependendo da fase em que se encontra a doença, pode não causar sintomas ou ser extremamente doloroso.

 

 


Qual a causa da tendinite calcária?

Não se sabe ao certo a causa da formação dos depósitos de cálcio nos tendões. Sabe-se, no entanto, que a os depósitos de cálcio nos tendões não estão relacionados com a ingestão ou suplementação de cálcio na dieta e também não possuem relação com traumas (quedas) no ombro.

 

Quais são os sintomas?


O principal sintoma é a dor de forte intensidade no ombro acometido pela patologia.
A doença, basicamente, está dividida em 2 fases.
Na primeira fase (fase de depósito ou fase crônica),  o cálcio é  depositado no tendão por longo perído, nesta fase, o paciente não apresenta sintomas ou apresenta sintomas apenas de leve intensidade, podendo ser confundido com uma bursite ou tendinite.
Na segunda fase (fase reabsortiva ou fase aguda) o depósito de cálcio é reconhecido como um “corpo estranho” ao organismo, que por sua vez inicia uma reação inflamatório intensa no local. Esta reação inflamatória atua reabsorvendo o cálcio do tendão gerando dor local

 


Como é feito o diagnóstico da tendinite calcária?

Os depósitos de cálcio podem ser diagnosticados através de radiografias simples do ombro. Para se ter um conhecimento mais exato da localização e extensão dos depósitos, além de diagnosticar eventuais lesões associadas outros exames complementares podem ser solicitados pelo especialista.

 


Qual o tratamento dos depósitos de cálcio?


O tratamento da tendinite calcária é conservador na quase totalidade dos casos. Uso de analgésicos, antiiflamatórios, compressas de gelo e fisioterapia são indicados na fase aguda.
Para os paciente que não melhoraram com as medidas iniciais, pode-se  optar por uma das seguintes modalidades terapêuticas: a)  lavagem por agulha guiada por ultrassonografia, b) terapia de ondas de choque e c) artroscopia de ombro.